As 10 linhas de ônibus mais superlotadas de BH

Publicado em 27 de setembro de 2016 brunofreitasMove, Sem categoria, Transporte urbano

Renato Weil/EM/D.A Press 3503 lidera o top 10 de linhas com maior movimento de passageiros

Superlotação está entre as principais queixas de usuários do transporte coletivo por ônibus. Em Belo Horizonte não é diferente. Dezenas de itinerários trafegam abarrotados de passageiros não apenas no horário de pico, o que impacta na mobilidade urbana – uma vez que se gasta de mais tempo para ir de um ponto ao outro da cidade e quem pode, foge dos coletivos usando outros meios, como carros e motos. Entre as 10 linhas que mais transportam passageiros na capital, a que mais chama a atenção é a diametral (ônibus azuis) 3503, conforme mostra levantamento feito a pedido do Faixa Exclusiva.

Interligando os bairros Santa Terezinha, na Regional Pampulha, e São Gabriel, na região Nordeste, passando pelo Centro, a 3503 carrega uma média de 579.799 passageiros/mês com uma frota de 43 ônibus. A viagem tem tempo médio de 80 minutos – mais de uma hora dentro do busão.

Outra linha igualmente longa é a 5201 (Dona Clara/Buritis), que desde a implantação do BRT/Move usa ônibus do tipo Padron, com ar-condicionado e maior espaço interno. Mesmo assim segue carregada – média de 406.934 passageiros/mês transportados por 41 coletivos com viagens de 85min. Veículos do tipo articulado, com maior capacidade de transporte e presentes nas linhas troncais do sistema BRT, poderiam amenizar o problema (e as queixas dos usuários, espremidos feitos lata de sardinha…).

Única linha troncal da lista das 10 mais, a 30 (Estação Diamante/Centro), que ainda tem ônibus convencionais, também não ajuda: 87 min., 364.146 usuários/mês e 44 coletivos em circulação – esperamos que a implantação do BRT/Amazonas melhore a ‘velocidade comercial’, como o Setra-BH define o ritmo de viagem dos coletivos.

O top 10 de superlotação inclui ainda uma das linhas mais problemáticas de BH: a 9250, marcada pelo alto índice de evasão (não pagamento da passagem) e um trajeto que parece não ter fim. Entre os bairros Caetano Furquim e Nova Cintra, passando pela região do BH Shopping e a Savassi, gasta-se cerca de 102min. (quase duas horas!!!), viagem de ônibus mais longa de Belo Horizonte.

CONFIRA O TOP 10:

Linha Passageiros* Frota Viagem Distância percorrida
1. 3503 – Santa Terezinha/São Gabriel 579.799 43 80min. 9.442.293m
2. 1502 – Vista Alegre / Guarani 421.069 31 80min. 5.004.380m
3. 5201 – Dona Clara/Buritis 406.934 41 85min. 6.575.589m
4. 9101 – Alto Vera Cruz/Santa Lucia 404.709 29 59min. 3.541.740m
5. 9250 – Caetano Furquim/Nova Cintra 399.401 40 102min. 5.438.086m
6. 9205 – Nova Vista/Nova Cintra 364.736 27 67min. 4.489.588m
7. 30 – Estação Diamante/Centro 364.146 44 87min. 10.613.584m
8. 4802 – Pindorama/Boa Vista 355.163 28 79min. 4.673.004m
9. 4110 – Dom Cabral/Belvedere 336.435 37 86min. 4.571.334m
10. 8207 – Maria Goretti/Estrela Dalva 330.950 42 84min. 4.371.164m

*Números de agosto de 2016
Fonte: BHTrans

Compartilhe isso:

,